Arquivo do mês julho de 2008

Um Dia, Uma Velhinha

de    Luciana Sandroni  O que?! Como? Eu não estou escutando? Fala mais alto, minha filha! Eu não faço idéia do que aconteceu… Não sei como eu vim parar aqui no chão. Você me ajuda a me levantar, por obséquio? Ah, muito obrigada. Não sei o que seria de mim sem a sua ajuda, minha filha. […]


Capitão Fragata e o Canto das Sereias

Trecho extraído da peça “Capitão Fragata” de Glaucio Gomes NUM CANTO DE UM VELHO PORTO ABANDONADO, UM COLCHÃO, UM VELHO COBERTOR, UMA TROUXA DE ROUPAS JUNTO A UM RETRATO DE UM MARUJO, FORMAM UMA CASA SOB UM TOLDO VELHO, QUE JÁ FORA UMA VELA DE NAVIO. É LÁ QUE VIVE O CAPITÃO FRAGATA, VELHO LOBO […]


Um Autor à Procura de Personagens

Acontece com todo mundo que gosta de escrever: tem dias que as ideias não aparecem. A tela do computador custa para ganhar aquelas letrinhas, que juntas formam uma história. E foi exatamente num desses dias que resolvi ir à cidade Fantástica. Peguei o primeiro trem com destino àquele estranho vilarejo em busca de personagens para […]


Cândido e Poliana

de Celso Taddei Se o Bola de Neve me visse agora, ia blanquetear como nunca ninguém jamais blanqueteou, podem ter certeza. O Bola de Neve é um sujeito tão incrédulo que duvida até que o sol vai nascer no dia seguinte. Tenho dó do Bola de Neve, porque, duvide-ó-dó ou não duvide-de-ó-dó, ó o sol […]